Categorias

tweets

    Carregando Tweets...

Siga @pacerlogistica

  • 15
  • dez

Carga Fracionada x Carga Lotação

blog-16-12

Na logística, encontramos termos técnicos compreendidos somente por quem atua no ramo. Exemplo disso são os termos “carga fracionada” e “carga lotação”. Você sabe o que significa cada um e qual a diferença entre eles?

Carga Fracionada

Representa uma parcela de toda a carga que ocupa um caminhão. Por exemplo: uma transportadora realizará a entrega de apenas uma caixa com livros para um cliente específico; nesse caso é considerada uma carga fracionada, porque foi utilizada somente uma parte da totalidade do espaço disponível no caminhão, onde também foram carregadas mercadorias de outros clientes.

Carga Lotação

Ao contrário da carga fracionada, a carga lotação (carga fechada) representa uma carga que ocupa totalmente o espaço disponível em um caminhão e, por isso, precisa ser transportada sozinha. Nesse caso, é disponibilizado um veículo exclusivo para levar a carga do cliente.

Independente do volume que será transportado, o custo para o dono dos produtos é praticamente o mesmo. Ele é definido pela rota que será feita e pelo tempo que será gasto no processo de carga e descarga do caminhão.

A PACER opera no mercado de transporte de cargas fracionadas e/ou fechadas, atendendo  toda a malha nacional por meio de fretes aéreos e rodoviários. Precisa transportar? Entre em contato com a nossa Central de Atendimento.

  • 11
  • out

Vantagens da terceirização logística

blog-11-10

O transporte de mercadorias é fundamental para o bom desempenho de uma empresa e, quando bem-sucedido, exerce um papel importante na entrega de valor ao consumidor. Por isso, é muito importante que as estratégias de transporte sejam bem planejadas, para que proporcionem um processo mais otimizado possível e gerem satisfação ao cliente.

É comum que o empreendedor que esteja iniciando seu negócio tenha dúvidas ao optar pela terceirização logística. A seguir, indicamos alguns caminhos para você, microempreendedor, avaliar as vantagens dessa terceirização.

Logística terceirizada

A terceirização é o processo de designar determinada atividade para a responsabilidade de outra empresa especializada. É uma prática comum entre as empresas, pois assim elas têm a possibilidade de concentrar esforços em suas atividades principais. O processo de terceirização pode ser implementado de diversas formas em diferentes atividades, como por exemplo, transporte, armazenagem, montagem de pedidos, entre outros.

Vantagens da terceirização logística

Com a adoção da terceirização logística é possível ter uma gestão mais simples e efetiva dos custos, reduzir a quantidade de pessoas nas atividades operacionais, e consequentemente, reduzir despesas com salários e encargos sociais.

As empresas que realizam serviços logísticos terceirizados são capazes de desenvolver soluções inovadoras que geram ganhos em produtividade. Ao mesmo tempo, permitem que os empresários possam se dedicar mais ao próprio negócio, preocupando-se o mínimo com a logística da empresa.

Alguns benefícios da logística terceirizada:

– Redução de custos;

– Redução de investimentos em ativos;

– Maior agilidade nas decisões;

– Maior flexibilidade operacional;

Quer saber mais? Entre em contato conosco e conheça nossas soluções logísticas.

 

  • 15
  • ago

Pacer Logística nas Olimpíadas no Brasil

blog-15-08

Durante as Olimpíadas 2016, a Pacer Logística tem uma tarefa ainda mais especial, já que alguns de seus clientes de telecomunicações estão envolvidos diretamente na infraestrutura dos jogos. Para atendê-los, foi proposta uma solução de logística que inclui o transporte por meio de motocicleta, bicicleta, metrô e a pé – pouco tradicionais no dia a dia das empresas. A medida visa lidar com as restrições de acesso a ruas e avenidas e alterações no trânsito da cidade do Rio de Janeiro.

Nos últimos meses, foram realizados testes nesses quatro modais e os resultados dessas simulações vão orientar a equipe em como reagir às diversas situações possíveis ao longo do evento. A empresa será responsável pelo transporte de peças de reposição em caso de falhas de equipamento. O tempo para esse transporte não poderá exceder duas horas. Neste prazo a equipe terá que verificar a disponibilidade em estoque, emitir as notas fiscais e efetivar a entrega no local do evento.

A Pacer conta com um CD Master em Jacarepaguá que irá atender às demandas nos centros olímpicos de Copacabana, Maracanã e Barra da Tijuca. E, instalou um CD de apoio em Deodoro próximo ao Complexo Esportivo construído na região. Toda essa operação tem a ver com o perfil da empresa de atender de modo extremamente personalizado os seus clientes. A Pacer já fez esquemas especiais durante a Copa do Mundo de 2014, mas considera que os jogos olímpicos são ainda mais desafiadores, porque a programação de competições acontece durante todo o dia, em diversos pontos da cidade.

Portal Logweb

  • 16
  • mar

Vendas no e-commerce têm alta de 15,3% em 2015

blog-23-02

Segundo o levantamento da E-bit/Buscapé (www.ebit.com.br), unidade especializada em informações de comércio eletrônico do Buscapé Company, as vendas realizadas em 2015 nas lojas virtuais brasileiras apresentaram um crescimento nominal de 15,3% na comparação com 2014, alcançando um faturamento de R$ 41,3 bilhões.

Apesar do cenário sócio econômico do País, os números comprovam que para o setor o ano foi positivo, com um total de 106,5 milhões de pedidos. O tíquete médio subiu 12%, atingindo um valor médio de R$ 388 – em parte devido à inflação, que também elevou os preços dos produtos vendidos online, no decorrer do ano.

“O comércio eletrônico ainda é um setor muito atrativo na economia brasileira e acreditamos que ainda existe muito espaço para crescimento. O mercado ainda continuará apresentando crescimento em 2016, principalmente pelo aumento das vendas via dispositivos móveis.” comenta André Ricardo Dias, diretor executivo da E-bit.

  • 10
  • mar

Entenda como o código de barras em armazém pode auxiliar no processo logístico.

blog-10-03

Em um armazém, o código de barras é um excelente aliado no processo de busca por mercadorias no sistema, tornando-a rápida e eficaz, além de ajudar no endereçamento de estantes e prateleiras.

Para contribuir na organização do seu armazém, apresentamos algumas dicas para que a utilização do código de barras possa auxiliá-lo no processo de logística.

Utilize apenas números no código

Optar por utilizar apenas combinações numéricas faz com que o leitor encontre os produtos de forma mais rápida. Existem infinitas combinações que podem ser feitas com algarismos, sem a necessidade de utilizar letras e, isso facilita para o sistema identificar as combinações.

Crie codificações com números pares

O leitor digital consegue identificar com mais facilidade valores pares. Como dica: caso o sistema crie automaticamente uma combinação de número ímpar, insira o numeral zero ao final do código.

Opte por barras largas

Utilize código de barras mais largos, pois o leitor digital identifica com mais facilidade e consegue realizar a leitura com alguma distância. Isso acelera o processo de encontrar um produto.

Utilize etiquetas grandes para a impressão

Diversas empresas encontram problemas ao utilizar código de barras em seus produtos por fazerem a impressão em etiquetas muito pequenas, portanto, é aconselhável que sejam emitidas codificações com barras largas. A etiqueta em que é realizada a impressão também deve ser grande.

Ao seguir essas dicas, você terá maior facilidade ao utilizar códigos de barras e assim, garantirá mais agilidade no processo logístico de sua empresa.

 

 

  • 12
  • fev

Saiba mais sobre logística e sua importância

blog-11-02

Você realiza a venda de seus produtos, a cotação do frete, envia as mercadorias ao seu cliente, e acredita que finalizou o serviço? Porém, muitas vezes há problemas no processo.  O cliente acaba não recebendo a mercadoria ou com atrasos e, quem acaba com uma imagem ruim na história, é você. Conhecendo um pouco mais sobre a logística das mercadorias, questões como essas poderiam ser evitadas.

Entender os processos que ocorrem entre o momento da venda e o recebimento do produto pelo cliente é algo essencial para um negócio.  Quando um problema é detectado com horas de antecedência as chances de ser resolvido são maiores. É possível tomar medidas como o reenvio, o contato direto com o cliente ou uma solicitação de retorno junto à transportadora.

Erros, desperdícios, atrasos e problemas na entrega, são fatores que contribuem para que a margem de lucro, em determinados produtos, seja praticamente inexistente. Compreender o processo de logística pode tornar o negócio mais eficiente e, também, reduzir os custos.  Mesmo que o serviço seja terceirizado, essa prática pode evitar situações como:

– Atrasos no recebimento por parte do cliente.

– Falhas e erros na documentação.

– Problemas de embarque e desembarque.

– Dificuldades que possam estragar o planejamento da entrega/recebimento.

– Posições incorretas de estoque e inventários.

– Escolhas por rotas de maior dificuldade ou com problemas.

– Desperdícios e danos a produtos e remessas.

– Cobranças extras ou indevidas.

– Cobranças de impostos por atraso no recolhimento.

– Erro no preenchimento de guias e documentos.

Que informações procurar?

Não é preciso ser um “expert” em logística. Basta estar sempre alinhado com as informações da transportadora e clientes. É necessário também saber alguns conceitos e procedimentos, tais como:

– Forma e método de acomodação da carga fracionada e volumes em caminhões e meios de transporte.

– Manuseio de produtos em armazéns e terminais.

– Embalo: meios e métodos.

– Detalhes técnicos, como o coeficiente de empilhamento.

– Cubagem: relação existente entre o volume e o peso da mercadoria

– Cálculos de custos e de remuneração às transportadoras.

– Documentação e emissão de guias.

– Detalhes contábeis referentes a estocagem e movimentação de produtos.

Parece muita coisa, mas é tudo em prol do bom desempenho de seu negócio. O cliente fica satisfeito, a transportadora contribui, e, principalmente, seu bolso agradece.